quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

Quando em Roma, faça como os romanos.

Oi galera!

Depois de uma semana bem calma de férias ainda, eis que estou de volta para abordar mais um tema variado e aleatório...
Mas......... hoje vai ser um pouco diferente.... digamos que o tema não vai ser tão aleatório assim...

Desde o início da febre da Tassi por esmaltes, e ainda mais depois que ela resolveu criar o blog, eu acabei absorvendo uma gama relativamente alta para um homem de conhecimento no assunto. Algumas partes por osmose, outras pela iniciativa dela querer me mostrar alguma coisa e uma parte foi por interesse mesmo...
E por conta disso, resolvi fazer uma rápida pesquisa histórica sobre o assunto, e resolvi trazer para vocês algumas das curiosidades que acabei descobrindo com isso...

Acho que vai ser bem interessante e legal! Então vamos começar logo!

Afinal, da onde vêm os esmaltes?
As principais origens do esmalte de unhas são provavelmente a China e o Egito.
E é interessante o fato que nessa época a cor do esmalte representava uma certa forma de hierarquia... Por exemplo: Durante a Dinastia Chou na China(a mais longa), apenas membros da família real (homens e mulheres!!!) podiam usar as cores douradas e prateadas nas unhas... mais tarde as cores oficiais "reais" se tornaram o preto e o vermelho...
Mais uma curiosidade da antiguidade, durante o reinado de Cleópatra, ela não admitia que pessoa alguma além dela usasse a cor vermelha, desobedecer essa ordem poderia significar a sentença de morte para o acusado!

Detalhe nas unhas vermelhas! Imagina se hoje em dia alguma mulher fosse com o mesmo vestido ou bolsa que ela???
Avançando bastante no tempo, já no século XIX, mais precisamente por volta de 1830, o físico Dr. Sitts insipirado nos palitos de dente recém inventados, cria um instrumento para gentilmente empurrar as cutículas, antes disso elas eram geralmente cortadas ou tratavam com algum ácido... e em 1892 a espertinha da sobrinha dele desenvolveu melhor o instrumento, patenteou, desenvolveu palestras de como tratar a cutícula, e com isso surgiram os primeiros salões de manicure!

Manicures, ao trabalho!

Mas foi já no século XX que o esmalte definitivamente marcou o território... depois de alguns bolas foras é verdade, como por exemplo uma marca que criou um produto meio que precursor dos esmaltes de hoje, com pincel de pelo de camelo, até aí tudo bem, mas o produto não durava mais que um dia na unha... e também mais tarde foi lançado um esmalte com perfume... bem, como hoje em dia não se escuta falar muito desse tipo de produto, podemos dizer que foi um fracasso, apesar da Tassi acabar de me dizer que "tá voltando com tudo, nego!"... mas deve ter sido modinha por pelo menos algum tempo, como muitas coisas que caem no esquecimento.

1925 é a data do lançamento do primeiro "esmalte" do jeito que agente mais ou menos conhece... era transparente em tom meio rosa, e só era aplicado na faixa central da unha... as pontas e a meia lua não eram cobertas... isso inclusive vocês poderam ver em breve aqui no blog...

E foi em 1932 que os irmãos americanos Charles e Joseph Revson se juntaram ao químico Charles Lachmann, criam um esmalte brilhante e colorido com pigmentos, lançaram a marca Revlon(nome que surgiu da seguinte forma: Revson + "L" de Lachmann [sobrenome do químico] = Revlon!), e eles implantam pela primeira vez a ideia de usar a mesma cor para pintar as unhas e maquiar os lábios...
Também foi dessa marca o primeiro mimozinho importado que dei pra minha amorzita!!!

Esse vidrinho tem história!

Em 1934 são criadas as unhas postiças, e surgem os esmaltes líquidos da marca Max Factor(marca que perdura até os dias de hoje, mas com maior ênfase em maquiagens), que têm aspecto muito parecido com os esmaltes de hoje em dia...

Desse tempo pra cá, o assunto só ganhou cada vez mais importância e interesse dentro do público feminino, e como consequência disso as marcas e salões de manicure foram tentando melhorar de alguma forma seus produtos e serviços e hoje se conhecem inúmeros tipos de esmalte (holográficos, craquelados, foscos... até pra homem!) e inúmeras técnicas para pintar e decorar as unhas... e MAIS uma consequência: você aprende tudo sobre isso aqui, com a Tassi! hehehehe

Não vamos esquecer do Chopp, que também já é um expert em esmaltes!

Então espero que tenham gostado(essa é a minha frase marcante... acho que usei em quase todos posts) e que eu tenha feito uma contribuição para quem gosta do assunto mas não teve até então a ideia de pesquisar sobre...

E termino o post deixando de sugestão o filme "O Milagre de Berna" que pelo menos pra mim, admirador assumido de futebol e da Seleção Alemã de Futebol(ok, não só da seleção, mas de tudo relacionado ao país), é um filme excelente! Pra quem não gosta nem de futebol, nem da Alemanha, o filme ainda é uma ótima história de superação e drama...


Um abraço a todos e não esqueçam de comentar!!!


Alan.

13 comentários:

  1. ADOREI Amor!
    A Cleópatra me mataria com meus esmaltes vermelhos haha

    É verdade, você entende quase tanto quando eu de esmaltes! O Chopp também!!

    Te amo.

    Obs: Posso pintar as suas unhas? :)))

    ResponderExcluir
  2. HAHAHAHA, Coitada essa cleopatra ai ,não ia conseguir viver nos tempos modernos ,
    OQUE ?? tratadas as cuticulas com ácido !!
    os caras são doidos so pode, haha

    Achei bem legal essa máteria ;D

    ResponderExcluir
  3. super amei esse post!
    beijos
    Agnes
    http://esmaltesmeus.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Ai Elaine, quando eu li o ácido fiquei de cara tbm.. que horroor, né? Ainda bem que os tempos são outros e o esmalte dura mais de um dia na unha haha

    Agnes, obrigada pela visita!!

    Beeijos

    ResponderExcluir
  5. Oi!!!

    Por isso que quando usamos um esmalte vermelho ele para as pessoas!! ainda bem que não os transformamos em pedra !!!! amo a Revlon adorei o post.. muito importante saber as origens!♥

    http://guriaamaesmalte.blogspot.com

    bjo!♥

    ResponderExcluir
  6. Nossa nem sabia que existia a tanto tempo essas belezinhas!!!
    adorei haha
    bjs

    ResponderExcluir
  7. Adoro a coluna do Alan...
    Esse tema entao foi otemooooo... hehhehe
    bjus

    ResponderExcluir
  8. Pooo Alan, tu entende de esmalta então! Vai voltar a ser hard e colocar o conheicimento na prática agora? =D ehheuheuheuheu zuadinha básica.

    Na real, curti o post! cultura memo!

    ResponderExcluir
  9. cleopatra teria que disputar comigos os esmaltes vermelhos, são meus favoritos.
    Bem legal conhecer a história dos esmalte

    http://addictionnails.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Nunca pesquisei sobre a origem dos vidrinhos .. mas mto interessante!! Gostei de saber a origem dos Revlon's tbm!

    ResponderExcluir
  11. muito interessante mesmo...
    e realmente, mesmo que eu não conviva tanto com vcs agora, mas eu também acabei aprendendo um pouco por osmose... acho que é consequência mesmo, haha

    ResponderExcluir
  12. Oxa! óó os homens começando a entra no mundo dos esmaltes, o Falaster zuando, mas ta lendo o Blog tmbm ein! ahaha

    beeijo, e ótimo post ;)

    ResponderExcluir
  13. Adorei Alan!, Valeu a lembrança da história do Esmalte, eu realmente não tinha ideia que se usava na China....no Egito, em se tratando de Cleópatra, pode-se ter vagas ideias...a mulher não era fraca!!!
    Bj,

    ResponderExcluir